segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Nada me inspira


Se vocês estão lendo esse texto, é porque eu não pensei em nada mais interessante para escrever (sempre quis escrever algo parecido com isso).

Aproveitando-me de toda sagacidade que Deus me deu, percebi que o blog estava parado (sou quase um gênio, hein?). Até já tinham umas teias de aranha por aqui. Então, como sou alérgico a poeira resolvi escrever alguma coisa.

Deve fazer cerca de meia hora que estou aqui tentando escrever alguma coisa. Pensei em falar do natal, mas não saiu nada que preste. Afinal o natal (comercialmente falando) não faz sentido. Minha casa não tem chaminé, tirando aquele artificial que tem na minha sala, não vejo pinheiros pelos matos que tem aqui por perto e se um velho gordo com gorro vermelho tentar entrar pela janela, eu vou no mínimo chamar a polícia. Pensei em falar de futebol, mas iria ser uma choradeira sem tamanho, nada deu certo. Bahia quase caiu. O time sem estrela não caiu. Corinthians ganhou a copa do Brasil. Flamengo venceu o brasileirão. E Ávine deve voltar para o Bahia. Pensei em falar dos ônibus que pego, mas seria repetitivo e me traria más recordações. Agora que as férias estão chegando, espero não entrar num Beirut/Tancredo Neves/Inferno tão cedo. Pensei em escrever algo mais sério, mas seria diferente de tudo que já fiz até agora e também não tenho nada em mente. Enfim não pensei em nada, mas queria preencher essa linha para o texto não ficar tão pequeno.

Falando em texto pequeno, acho até que minhas postagens foram diminuindo de tamanho ao longo do tempo. Em quantidade nem precisa falar, Reinaldo Alagoano quase faz mais gol do que eu fiz postagens. Mas o venci. Fica para a próxima, negão. Sou mais eu.

O MaresiaCity não acabou, pelo menos até 2012.

Ps. Devo ter demorado uns dez minutos para escolher o título. Criatividade está zero.

;D

Nenhum comentário: