sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Diálogos no buzu

- E aí, man? Nunca mais te vi.
- Opa! Beleza? Nem fale... correria... sabe como é, né? É foda!
- E aí, como está, cara? Fazendo o quê da vida?
- Tou de boa... estudando... trabalhando... 
- Hum... tá fazendo o quê?
- Letras... na Federal, tá ligado?
- Hum... Sei. É barril, né, man?
- É foda...
- Éhh...
- Sabe como é... final de semestre... pá... bagunça tudo... é foda...
- Tou ligado... mas é isso mesmo... e esse buzu cheio, vei? Raiva da porra.
- Nem fale, vei... é foda.
- E ainda tem esse engarrafamento...
- Éhh... é foda...
- Beleza, man, vou descer aqui, porque tenho que passar ali na casa de um parceiro...
- É fod... err, quer dizer, vá lá, man...
- Falou, pivete...


“É foda” respondendo qualquer pergunta aleatória de quase-conhecidos desde... ah, sei lá, desde sempre... cês sabem que é foda!